Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 20 de março de 2010

Metade de mim - Rosemari Hauenstein Ruch






Metade de mim é emoção e deseja teu corpo ao alcance da minha mão;
  A outra metade é razão e imune te afasta, ignora, finge ilusão.

Metade de mim não me deixa do teu beijo esquecer;
  A outra metade impassível, não me permite sofrer.

Metade de mim lembra o calor ardente do teu abraço;
  A outra metade insensível, nega a existência do laço.

Metade de mim quer novamente ouvir tua voz;
  A outra metade implacável, exige que esqueça de nós.

Metade de mim é sonho acordado de desejo e lembrança;
  A outra metade inabalável lucidez que cessa a esperança.

Metade de mim subjulga meu corpo na ansiedade do amor;
  A outra metade impiedosa rebela-se, aumentando minha dor.

Metade de mim emoção, grita teu nome ao vento incontida, desesperada de paixão;
  A outra indiferente, se cala, sem nenhuma razão....

Nenhum comentário:

Postar um comentário